Etiquetas

, , ,

Intervenção de João Ferreira do Amaral 

Economista

Com a saída do euro ganharíamos instrumentos que precisamos, taxa de câmbio que é hoje um instrumento essencial para incentivar os sectores produtores de bens transaccionáveis e a emissão monetária própria porque se o estado dispuser deste instrumento nunca terá uma bancarrota interna e será é essencial para gerir a saída do euro de forma a defender as famílias que estejam endividadas.

Advertisements