Etiquetas

, ,

Foram hoje entregues, no tribunal de Arouca, as listas da candidatura autárquica da CDU – Coligação Democrática Unitária ao acto eleitoral marcado para 29 de Setembro de 2013. Sobre o projecto e as listas que levamos a sufrágio tornamos público o seguinte:

1 – As eleições autárquicas 2013 realizam-se num momento muito importante da vida do nosso país. O governo, com o patrocínio da presidência da república, procura um novo fôlego para continuar a política desastrada e de desastre até aqui seguida, sob a batuta da troika que ocupa economicamente o nosso país. O PS teima em não desligar deste programa, fingindo ser possível contrariá-lo, mantendo-o ao mesmo tempo.

2 – Sendo as eleições, de 29 de Setembro, um momento de reflexão e de escolha e opção política para os órgãos autárquicos do nosso concelho, as forças políticas não se podem apresentar como anti-troikistas cá, em Arouca, e pró-troikistas lá, em Lisboa. Aliás, quando o poder autárquico não resiste a essa política (por exemplo  na concentração escolar e na extinção de freguesias) está, no fundo, como o governo, a aplicar o programa da troika.

3 – O projecto que a CDU vai apresentar aos arouquenses está assente na ideia de que a nossa terra necessita de um plano de desenvolvimento para o médio prazo, um horizonte de trabalho, que parta das potencialidades que temos, e que objective: ordenar a floresta,  revitalizar as aldeias serranas, dinamizar a economia e a produção locais, manter serviços públicos de proximidade, despoluir e cuidar dos rios, instituir regras de boa ocupação urbana, tirar partido e desenvolver o associativismo, elaborar uma carta de potencialidades agrícolas, fomentar e preservar a raça arouquense, revitalizar a diversidade da gastronomia do concelho e apostar, de facto, no potencial dos nossos rios.

4 –  São sete os órgãos autárquicos aos quais apresentamos lista: Assembleia Municipal de Arouca, Câmara Municipal de Arouca, Assembleia de Freguesia de Alvarenga, Assembleia de Freguesia de Arouca / Burgo, Assembleia de Freguesia de Fermedo, Assembleia de Freguesia de Rossas, Assembleia de Freguesia de Santa Eulália. Comparativamente com 2009, apresentamos uma nova lista, Assembleia de Freguesia de Alvarenga e não concorremos à Assembleia de Freguesia de Espiunca, agora “unida” a Canelas.

5 – Como primeiros nomes para a Câmara Municipal de Arouca apresentamos: Francisco Gonçalves, 42  anos, professor; Carlos Pinho, 59 anos, aposentado, independente; Benvinda Pinho, 53 anos, técnica da Portugal Telecom; António Ataíde, 36 anos, gestor; Isidro Castro, 52 anos, funcionário administrativo, independente.

6 – Os primeiros nomes propostos para Assembleia Municipal de Arouca são: António Óscar Brandão, 51 anos, professor, independente; Fernando Tadeu Andrade, 52 anos, professor; Maria Teresa Almeida, 34 anos, professora, independente; Manuel Jesus Duarte, 42 anos, assistente operacional, independente; Carlos Alves, 34 anos, fotógrafo; Célia Andrade, 21 anos, operadora de caixa, independente proposta pelo PEV; António Moreira, 55 anos, professor, independente; António Sousa, 43 anos, operador de caixa, independente; Cristiane Rodrigues, 36 anos, vigilante, independente; Avelino Silva, 55 anos, pensionista, independente.

7 – Para as cinco assembleias de freguesia os nossos primeiros nomes são os seguintes:

ALVARENGA – Adérito Nogueira, 49 anos, chefe de cozinha, independente; Ana Sofia Pereira, 23 anos, monitora de acompanhamento da componente de apoio à família, independente proposta pelo PEV; Carlos Alves, 34 anos, fotógrafo.

AROUCA / BURGO – Carlos Pinho, 59 anos, aposentado, independente; Benvinda Pinho, 53 anos, técnica da Portugal Telecom; Pedro Brandão, 40 anos, escriturário, independente.

FERMEDO – António Moreira, 54 anos, encarregado de floricultura, independente; Albano Perestrelo, 56 anos, operário, Sofia Moreira, 24 anos, enfermeira, independente.

ROSSAS – Paula Cristina Pinho, 36 anos, veterinária, independente; Alberto Silva, 47 anos, instrutor de condução, independente; António Azevedo Brandão, 70 anos, professor, independente.

SANTA EULÁLIA – Mário José Pinto, 51 anos, professor, independente; Susana Rocha, 35 anos, operária fabril, independente; Jorge Duarte, 26 anos, enfermeiro, independente.

8 – Em Setembro daremos a conhecer em concreto as nossas propostas, assentes no lema – trabalho, honestidade, competência.

Arouca, 5 de Julho de 2013

A Coordenação Concelhia da CDU-Arouca

Ver “Dossier Autárquicas 2013”

Ver “Comunicados Arouca”