URGENTE!

foto_alvaroUrgente! Faço todos os trabalhos

seja qual for a paga,

dinheiro, comer, o que calha,

conquanto sobrevivência traga

até alivio casa e cu de rico de qualquer tralha.

Vendo ainda tudo o que tenho

pelo preço que for,

tristezas, alegrias, lenços pró ranho,

radio de pilhas, sonhos, comprimidos para a dor,

roupas, sacos, cartões, o resto dos livros.

Estou em liquidação total, de tudo me livro.

Ajudem-me, urgentemente!

Salvem-me desta porca miséria, que é caso disso,

condenado que estou

por todos os filhos da puta, burgueses e demais inteligentes,

maioria dos deputados, ministros, até por um presidente maquiavel.

Por favor, não me façam mau juízo,

pois não sou estúpido, nem doido estou.

Se mudar de vida não é possível,

então mudar o mundo é preciso.

Agora! já! É urgente!

Álvaro Couto, in Gritos a Sul, 2014

Outros artigos do autor: “Álvaro Couto”

Anúncios