Etiquetas

Professor universitário, natural de Paris, Miguel Viegas estimou que, na Europa a 28, faltam “medidas adequadas à realidade de cada país”. O número três da lista partilhada por Partido Ecologista “Os Verdes” e PCP sustentou que é agora “preciso reformar” a União, o que passa por rever o “rolo compressor” do tratado orçamental, entre outros caminhos. Quanto a uma eventual saída do euro, o candidato disse que o país deve ser preparado para esse cenário.

Anúncios