Etiquetas

, ,

1777-jeronimo-de-sousa-participa-em-encontro-entre-pcp-e-independentes-em-aveiro

Teve lugar na noite de 13 de Outubro, na Casa da Comunidade Sustentável, em Aveiro, um encontro entre o PCP e várias dezenas de independentes que acederam ao convite da Organização Regional para debater o actual quadro político e as perspectivas para o futuro.

Da parte do PCP participou Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP, cuja intervenção inicial situou de forma breve o actual momento, na sua complexidade e potencialidades, fortemente marcado pela solução política que se conseguiu criar – com o decisivo contributo do PCP – após as eleições de 4 de Outubro, que significaram a derrota de PSD e CDS e a consequente formação de um Governo do PS. Nesta intervenção foram assinalados aspectos positivos de recuperação de direitos e rendimentos, mas também os constrangimentos que permanecem ao desenvolvimento de uma verdadeira política patriótica e de esquerda – designadamente, a dívida pública, a detenção da Banca maioritariamente por privados e a submissão de Portugal ao Euro.

Nas várias intervenções por parte dos participantes foram focados temas bastante diversos, ora como contributo para a reflexão do PCP, ora como pergunta ou dúvida sobre esta ou aquela posição do PCP. Dos muitos temas abordados destacam-se: os direitos dos trabalhadores e a contratação colectiva, as propostas do PCP para as pensões de reforma, a necessidade de repensar toda a forma de gestão das questões da habitação em Portugal, a necessidade de melhorar a educação, designadamente introduzindo aspectos que democratizem a vida dentro das escolas e reduzindo o número de alunos por turma, a defesa das funções sociais do Estado e dos serviços públicos, a necessidade de taxar os mais ricos para introduzir justiça e combater as desigualdades e as inquietações quanto aos imensos constrangimentos que se colocam pela participação de Portugal no Euro e na União Europeia. Em vários momentos foi ainda referido o papel do PCP como força coerente, determinada e decisiva sempre, mas em particular na solução actual, valorizando-se o trabalho dos comunistas nas autarquias geridas pela CDU e apelando-se a que se procurasse dar a conhecer mais esse trabalho, rompendo o bloqueio a que tantas vezes este se vê sujeito pelos grandes órgãos de comunicação social.

A fechar, agradecendo a participação de todos, Jerónimo de Sousa corroborou as impressões deixadas pelos participantes no encontro, sublinhando que, como sempre fez, o PCP continuará sempre fiel aos seus princípios e aos interesses do povo e do País, e que será pela luta das populações e dos trabalhadores e a convergência de democratas e patriotas que se trilhará o rumo para a verdadeira alternativa, por um Portugal desenvolvido e soberano.

O Gabinete de Imprensa da DORAV do PCP
Aveiro, 14 de Outubro de 2016