Etiquetas

, ,

Miguel Viegas, deputado do PCP no Parlamento Europeu esteve reunido em Válega (concelho de Ovar) com produtores a quem deu conta da última iniciativa do PCP no Parlamento Europeu em defesa  da produção leiteira nacional.

Contextualizando a proposta, o deputado comunista fez um pequeno historial das sucessivas revisões da PAC, Política Agricola Comum, todas elas orientadas para os mercados e todas elas realistas com o apoio dos sucessivos governos de Portugal.

Numa opção claramente liberal visando desmantelar todos os instrumentos públicos de regulação da produção, a União Europeia decidiu acabar com o regime de quotas leiteiras que garantia a cada país o direito a produzir e a garantir assim a sua soberania alimentar. O fim das quotas leiteiras provocou um aumento imediato da produção no norte e centro da Europa, criando um excedente que provocou uma baixa de preços que ameaça neste momento todo o sector leiteiro nacional.

Perante a crise e respondendo às muitas manifestações que ocorrem em vários países Europa e designadamente em Portugal, o PCP, que lutou desde a primeira hora contra o fim das quotas leiteiras, apresentou recentemente uma declaração escrita no Parlamento que reclama à Comissão a reposição de um instrumento público de regulação da oferta que garanta um equilíbrio entre a oferta e a procura, salvaguardando a produção em cada um dos estados membros. Esta declaração poderá ser subscrita por todos os deputados do Parlamento Europeu e terá tanto mais força quanto maior for o número de subscritores. O PCP dá assim mais um contributo para exigir a reposição do regime das quotas leiteiras, em defesa da produção nacional e da pequena e média agricultura.

Aveiro, 24 de Outubro de 2016
O Gabinete de Imprensa da DORAV do PCP